Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

20 perguntas sobre a precipitação

Mäyjo, 29.01.15

Questão 1

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

À medida que aumenta a temperatura, a humidade atmosférica diminui.

 

 

Quando a humidade relativa é de 100% ocorre a condensação.

 

 

A humidade absoluta é a quantidade de vapor de água que existe na atmosfera.

 

 

A temperatura e a insolação não interferem nos valores de pressão atmosférica.

Questão 2

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

A precipitação aumenta com a altitude.

 

 

A temperatura aumenta com a altitude.

 

 

A pressão atmosférica aumenta com a altitude.

 

 

A precipitação varia com a proximidade do mar.

Questão 3

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

A saraiva apresenta uma dimensão inferior ao granizo.

 

 

O granizo e a neve são formas de pluviosidade.

 

 

O orvalho é provocado pelo arrefecimento noturno.

 

 

A geada é uma forma de condensação e a neve uma forma de precipitação.

Questão 4

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

Os termómetros seco e molhado, também chamados de psicrómetros, servem para medir a humidade atmosférica.

 

 

O ar diz-se saturado quando a humidade relativa é de 100%.

 

 

A precipitação ocorre sempre no estado líquido.

 

 

A Humidade absoluta mede-se em percentagem.

Questão 5

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

O ponto de saturação varia na razão direta da temperatura.

 

 

A humidade relativa varia na razão inversa da temperatura.

 

 

Com temperaturas baixas há menor probabilidade de ocorrer condensação.

 

 

À medida que a temperatura aumenta, a probabilidade de ocorrência de precipitação aumenta.

Questão 6

Classifica as seguintes afirmações em verdadeiras (V) ou falsas (F).

 

A neblina é uma forma de condensação com um grau de visibilidade superior ao do nevoeiro.

 

 

O granizo e a saraiva são formas de pluviosidade.

 

 

O nevoeiro é uma forma de condensação que ocorre junto à superfície.

 

 

A neve é uma forma de condensação sólida.

Questão 7

Assinala a opção correta.

A passagem da água do estado gasoso para o líquido tem o nome de...

 

precipitação.

 

 

fusão.

 

 

evaporação.

 

 

condensação.

Questão 8

Assinala a opção correta.

A passagem da água do estado líquido para o gasoso tem o nome de...

 

precipitação.

 

 

fusão.

 

 

evaporação.

 

 

condensação.

Questão 9

Assinala a opção correta.

As chuvas convectivas também se chamam...

 

chuvas de inverno.

 

 

chuvas de relevo.

 

 

chuvas de verão.

 

 

chuvas ácidas.

Questão 10

Seleciona a opção correta.
A Precipitação Total Anual (PTA) obtém-se...

 

pelo somatório dos totais diários de precipitação.

 

 

pela diferença entre o mês mais húmido e o mês mais seco.

 

 

pelo somatório dos totais mensais de precipitação.

 

 

pelo somatório dos totais mensais de precipitação a dividir pelo número de meses.

Questão 11

Seleciona a resposta correta.

As áreas de maior altitude registam valores de precipitação...

 

mais baixos do que as áreas de menor altitude.

 

 

por vezes mais elevados e por vezes menores que as de menor altitude.

 

 

semelhantes às de menor altitude.

 

 

mais altos do que as áreas de menor altitude.

Questão 12

Seleciona a resposta correta.

Os fracos valores de precipitação anual nos polos explicam-se...

 

pela existência de centros de altas pressões.

 

 

pelo reduzido ângulo de incidências dos raios solares.

 

 

pela existência de centros de baixas pressões.

 

 

pela grande obliquidade dos raios solares.

Questão 13

Seleciona a resposta correta.

O tipo de disposição do relevo que propicia as chuvas orográficas é...

 

oblíquo à linha de costa.

 

 

perpendicular à linha de costa.

 

 

plano relativamente à costa.

 

 

paralelo à linha de costa.

Questão 14

Associa a disposição do relevo ao seu efeito sobre os ventos.

Relevo concordante.

 

   

 

Os ventos passam entre as montanhas e exercem a sua influência em regiões mais interiores.

Relevo discordante.

 

   

 

Os ventos encontram no relevo uma barreira e são obrigados a ascender, provocando chuvas de relevo.

Questão 15

Associa as correntes marítimas à influência que exercem sobre a precipitação no litoral.

Correntes frias.

 

   

 

A evaporação é mais elevada, favorecendo a ocorrência de precipitação.

Correntes quentes.

 

   

 

A evaporação é menor, não favorecendo a ocorrência de precipitação.

Questão 16

Associa cada tipo de chuva ao respetivo mecanismo de formação.

Chuvas frontais.

 

   

 

Sobreaquecimento da superfície terrestre.

Chuvas convectivas.

 

   

 

Subida de uma elevação do terreno.

Chuvas orográficas.

 

   

 

Encontro de duas massas de ar com características diferentes.

Chuvas ciclónicas.

 

   

 

Convergência de ventos.

Questão 17

Completa a frase com as opções corretas.
Os termómetros seco e _________________, também chamados de psicrómetros, servem para medir a _________________ atmosférica.

Opções:
pressão, quadrado, molhado, humidade
pressão, quadrado, molhado, humidade

Questão 18

Indica a que conceito se refere a seguinte definição.

Deposição de partículas de gelo sobre a superfície terrestre devido à congelação do vapor de água por arrefecimento noturno.

 

 

Questão 19

Indica a que conceito se refere a seguinte definição.

Relação entre a quantidade de vapor de água existente na atmosfera, a uma dada temperatura, e a quantidade com a qual o ar ficaria saturado a essa mesma temperatura.

 

 

Questão 20

Indica a que conceito se refere a seguinte definição.

Chuva de grande intensidade e de curta duração, resultante da passagem de uma superfície frontal fria, ou de origem convectiva.

 

 

 

De que dependem então as precipitações?

Mäyjo, 10.01.15

Dependem:

  • Do movimento vertical do ar nos centros de pressão atmosférica (altas e baixas pressões).
  • Da variação da temperatura com a altitude.
  • Da variação da humidade relativa com a temperatura.

É por isso que:

  • nos centros de altas pressões, o movimento descendente do ar origina uma subida da temperatura, o que provoca a diminuição dos valores de humidade relativa, tornando muito difícil a saturação do ar e o aparecimento de nuvens, pelo que o céu se apresenta limpo (o chamado bom tempo);
  • nos centros de baixas pressões, o movimento ascendente provoca a descida da temperatura e o aumento dos valores de humidade relativa, saturando-se facilmente o ar, pelo que o céu fica nublado e chove (o chamado mau tempo).

Não será de estranhar a relação existente entre litoral/interior e os valores de precipitação.

23.png

O ar carregado de humidade, vindo do mar, ao chegar ao obstáculo que é a terra, eleva-se, provocando a diminuição da sua temperatura e da humidade relativa, saturando-se, o que provocará precipitação.

O ar, à medida que se desloca para o interior, vai perdendo vapor de água, sendo menor a possibilidade de chover. É esta a razão do aparecimento de muitas áreas secas no interior dos continentes.

Quando ocorre a precipitação?

Mäyjo, 08.01.15

A quantidade de água que se evapora por ano a partir dos oceanos é de 430 mil quilómetros cúbicos. Porém, a precipitação sobre os oceanos representa apenas 390 mil quilómetros cúbicos por ano. O excesso de evaporação dos oceanos cai na terra sob a forma de chuva, granizo e neve.

Quando a atmosfera não pode conter mais humidade, fica saturada. Com a diminuição da temperatura, as moléculas ficam mais próximas, pelo que o ar ficará saturado de vapor de água mais rapidamente, condensando-se e formando nuvens.

As gotículas de água que formam as nuvens podem juntar-se devido aos movimentos do ar e, quando o seu peso já não consegue ser suportado pelas correntes de ar ascendentes, caem na superfície terrestre sob a forma de chuva, neve ou granizo.